Teóricas Feministas que inspiram: Audre Lorde

Teóricas Feministas que inspiram: Audre Lorde
janeiro 25, 2020 Priscila Kikuchi

Audre Lorde

 

Audrey Geraldine Lorde nasceu no dia 18 de fevereiro de 1934 numa família de imigrantes que tinham vindo do Caribe para a cidade de Nova York. Audre Lorde se definia como: “negra, lésbica, mãe, guerreira e poeta”. 

Foi na década de 1960 que Audre Lorde se engaja nos movimentos feministas, antiguerra e pelos direitos civis. Seu primeiro livro como poeta também foi lançado nessa época sob o título The First Cities em 1968. Suas poesias refletem os conflitos internos de sua existência e de tantas outras mulheres negras. Seus romances abordavam questões feministas e de opressão. 

Foi uma crítica contundente do feminismo norte-americano, acusando-o de ser dominado por ensaístas ativistas brancas que ignoravam a questão racial. A reação de tais feministas brancas às críticas realizadas por Audre Lorde a fizeram se tornar uma persona outsider, que de acordo com Lorde significa ser: “uma voz feminista negra, lésbica, isolada, acusadora e raivosa”.  

Audre Lorde menciona em suas poesias que o racismo internalizado no feminismo é uma dependência não reconhecida do patriarcado. Por conta dessa sua crítica contundente ao feminismo, suas ideias influenciaram muito o que se entende hoje sobre o conceito de interseccionalidadeAudre Lorde foi uma das primeiras a articular o feminismo com a questão racial, homofobia e classismo. 

Uma curiosidade importante é que foi Audre Lorde a primeira ativista feminista cunhar o termo Autocuidado em 1980, que tinha como fundamento práticas de autopreservação das mulheres negras. Portanto, autocuidado tem a ver com se dar o que se necessita, buscar ajuda, criar redes de apoio e também estabelecer limites. Significa cuidar de si e umas da outras para romper com ciclo de opressão.  

Audre Lorde lutou contra o câncer desde 1978, primeiro de mama depois de fígado.  

Audre Lorde faleceu em 17 de novembro de 1992 aos 58 anos.  

 

Fontes:  

https://www.escritas.org/pt/bio/audre-lorde 

https://www.geledes.org.br/a-poesia-de-audre-lorde/ 

https://www.cartacapital.com.br/diversidade/quem-foi-audre-lorde-e-o-que-ela-nos-ensina-sobre-autocuidado-feminino/ 

https://mulheresnahistoria.wordpress.com/2014/03/12/audre-lorde/