Teóricas Feministas que inspiram: Lélia Gonzalez

Teóricas Feministas que inspiram: Lélia Gonzalez
dezembro 1, 2019 Priscila Kikuchi

Lélia Gonzalez

 

Lélia Gonzalez nasceu no dia 1 de fevereiro no ano de 1935, em Minas Gerais. Filha do negro ferroviário Accacio Serafim d’ Almeida e de Orcinda Serafim d’ Almeida Lélia de Almeida González. Era a penúltima de dezoito irmãos. Sua mãe era indígena e trabalhava como doméstica, foi com ela que recebeu as primeiras lições de independência.

Mudou-se com a família em 1942 para o Rio de Janeiro, seu primeiro emprego foi de babá.

Lélia Gonzalez graduou-se em história e filosofia, exercendo a função de professora da rede pública. Depois concluiu o mestrado em comunicação social. Doutorou-se em antropologia política /social, em São Paulo (SP), e se dedicou às pesquisas sobre a temática de gênero e etnia. Ao se tornar professora universitária, lecionou a disciplina de  Cultura Brasileira na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC – Rio). Seu último cargo na instituição foi de chefa do departamento de Sociologia e Política.

Foi através da vivência no candomblé, o contato com a psicanálise e com a cultura afro-brasileira que ela assumiu sua condição de mulher e negra. Destacou-se pela importante participação que teve no Movimento Negro Unificado (MNU), do qual foi uma das fundadoras

Ativista incansável, militou também em diversas organizações, com o Instituto de Pesquisas das Culturas Negras (IPCN) e o Coletivo de Mulheres Negras N’Zinga, do qual foi uma das fundadoras. Em Salvador fez-se presente na fundação do Olodum. Sua importante atuação em defesa da mulher negra rendeu a Lélia a indicação para membro do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (CNDM). Atuou no órgão de 1985 a 1989. Filiou-se ao Partido dos Trabalhadores (PT) e disputou vaga na Câmara Federal,em 1982, alcançando a primeira suplência. Foi candidata a deputada federal em 1982. Em 1986, estava no Partido Democrático Trabalhista (PDT), por onde se candidatou como deputada estadual, também conquistando a suplência.

Fonte: https://www.geledes.org.br/hoje-na-historia-1935-nascia-lelia-gonzalez/